Prefeitura Municipal de Matipó

Switch to desktop Register Login

Prefeitura Municipal de Matipó

Controle Ambiental : Matipó contra a dengue

A Vigilância epidemiológica realiza o controle ambiental diariamente, que é o trabalho de Combate a Dengue, Chikungunya e Zika vírus, contamos com 13 agentes de endemias, 1 supervisor, 1 técnico em laboratório e 1 auxiliar de laboratório, locados por localidades que determinam as áreas que devem ser trabalhadas e identificando o imóvel com o número do SUS na frente do mesmo.


Primeiro é realizado o ‘Li’ levantamento de índice onde o agente realiza um trabalho de campo por amostragem, identificando pontos de risco e coletando larvas do mosquito Aedes Aegypti e albopictus para análise.

É realizado com um intervalo de 5 imóveis, ou seja não é realizado em todos os imóveis. O resultado é avaliado e informamos o morador.


Depois damos início ao ‘TF’ tratamento focal, esse é realizado em todos os imóveis, lotes, construções, comércio, Hospitais, Postos de Saúde da Família, consultórios... o agente usa o larvicida disponibilizado pelo ‘DRS’ Diretoria Regional de Saúde, lembrando que somente o agente de endemias pode utilizar o larvicida, pois ele foi devidamente treinado.


Trabalhamos com suspeitas de dengue, pois para o resultado do exame ser positivo a paciente deve estar entre o 5º e 7º dia de sintoma, assim não temos como realizar o bloqueio com a pulverização no local, pois o mosquito após as primeiras 24:00 horas já não estará próximo a paciente.

Por isso precisamos que o paciente procure sua unidade de saúde no primeiro dia de sintoma, ele será

notificado e a equipe da epidemiologia terá como trabalhar.
Devido à situação de risco foi implantada a integração entre os ‘ACE’ agentes de endemias com os ‘ACS’ agente comunitário de saúde no combate a Dengue, Chikungunya e Zika para maior cobertura e efetividade nos trabalhos de retirada dos criadouros e orientações a cerca da procura a unidade de saúde.

Integração entre Atenção Básica e Vigilância Epidemiológica

Devido à situação de risco foi implantada a integração entre os ‘ACE’ agentes de endemias com os ‘ACS’ agente comunitário de saúde no combate a Dengue, Chikungunya e Zika para maior cobertura e efetividade nos trabalhos de retirada dos criadouros e orientação aos moradores e donos de imóveis, espera-se que dessa forma a população entenda e nos ajude a acabar com esse mosquito que tanto nos causa dano.

 

 


Para maiores informações Policlínica: 3873-2147
SUCAM: 3873-1267
Falar com Shélida, Vilma ou Gustavo.

Controle Ambiental